ALÉM DA IMAGINAÇÃO 1.2 – ONE FOR THE ANGELS (1959)

bscap0171

Este segundo episódio é um bom contraponto ao primeiro, que possui um tom mais sério e angustiante. ONE FOR THE ANGELS representa uma parcela de histórias mais leves e sentimentais que ocasionalmente aparecem em ALÉM DA IMAGINAÇÃO.

Na trama, novamente escrita pelo criador e narrador da série, Rod Serling, Ed Wynn vive Lou Bookman, um caixeiro que tenta vender tudo o que pode sair de sua mala, geralmente coisas comuns, como robôs de brinquedo e gravatas. Logo no início, ele percebe que está sendo observado por um homem misterioso trajando um terno preto, interpretado por Murray Hamilton. Ao chegar em casa, Lou se surpreende com o homem de preto sentado num canto de seu modesto apartamento de um quarto. O homem anuncia que deve “levá-lo” à meia-noite. Lou custa a descobrir, mas no fim percebe que o sujeito é ninguém menos que a morte.

bscap0164bscap0165

A menos que Lou consiga preencher um dos três requisitos de adiamento, não há nada que possa fazer para evitar sua passagem pro outro lado. Mas Lou não tem família, que é o primeiro requisito, salvo um grupo de crianças do bairro que o adoram. Ele também não está trabalhando em qualquer tipo de avanço científico (outro requisito), e ele não tem negócios inacabados, que seria o terceiro item que lhe daria mais algum tempo.

Mas como bom vendedor, sujeito de lábia afiada, Lou convence a Morte de que ele tem sim algo inacabado na vida: quer fazer uma grande venda, um venda daquelas que faria com que os céus se abrissem, “one for The angels” como diz o título do episódio. A morte concede, e Lou rapidamente guarda sua mala e se aposenta. Na sua lógica, se ele não vende, não morre. A morte, no entanto, percebe a jogada e decide levar uma das crianças do bairro. Uma garotinha é atropelada e a morte marca para pegá-la à meia-noite. Passado esse horário, a garotinha vive. É quando Lou bola um plano para a morte se atrasar.

bscap0172

Uma das grandes sacadas deste episódio é a relação de Lou com a Morte. Ambos são afiados, os atores estão excelentes em cena, o diálogo entre eles é incrível. E Serling e o diretor Robert Parrish nunca deixam a coisa degringolar pra um sentimentalismo besta, mantendo sempre uma boa dose de humor, com situações realmente divertidas – como na cena em que Lou tenta fugir da morte nas escadarias do prédio. A morte, na verdade, não é nem ameaçadora, faz mais o tipo burocrata, enquanto Wynn faz um personagem muito fácil de se gostar.

O papel pelo qual Hamilton talvez seja mais lembrado é o de prefeito da cidade em TUBARÃO (75), do Spielberg. Mas quem merece mesmo os nossos olhares é Wynn, que está formidável. Um comediante à moda antiga, possui mais de quarenta filmes no currículo, incluindo algumas comédias estreladas por Jerry Lewis. A sequência em que seu personagem faz a morte se atrasar é um de seus momentos mais inspirados, digna de aplausos.

bscap0173

O diretor Robert Parrish era um veterano da indústria naquela altura, tendo sido ator, assistente e montador antes de estrear na direção em 1951, com CRY DANGER, um noir com Dick Powell. Teve uma carreira sólida, mas nunca foi considerado entre os grandes diretores de sua época, embora fosse bastante elogiado pelos franceses. Além deste episódio, Parrish realizou mais duas entradas em ALÉM DA IMAGINAÇÃO: A STOP AT WILLOUGHBY (1960) e THE MIGHTY CASEY (1960), ambos da primeira temporada.

ONE FOR THE ANGELS é bastante simpático e levanta questões interessante que nos faz refletir sobre o tempo e a morte, mas sem soar chato ou pesado. Não deixa de ser melancólico, como é a vida às vezes, mas sem deixar o bom humor de lado.

Anúncios

2 pensamentos sobre “ALÉM DA IMAGINAÇÃO 1.2 – ONE FOR THE ANGELS (1959)

  1. Alem da Imaginação é um classico televiso da ficção cientifica com historias surreais e algumas delas são para nos refletimos por si mesmos,eu assisti essa perola da TV em 1982 na TVS atual ( SBT) as 23:00 e depois assisti na decada de 90 quando serie passou na TV Gazeta ,atualmente essa serie passa na Rede Brasil canal 01.0 e 10.1 de segunda á quinta nas madrugadas as 04:30, vire mexe as vezes eu assisti para me relembrar deste serie que um marco com suas historias surreais ,fantasticas e fantasmagoricas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s