THE REAL PUNISHER

A primeira temporada da série do Demolidor, DAREDEVIL, produzida pelo Netflix, foi uma das melhores coisas que assisti em 2015 em termos de ação (aliás, agora que me dei conta que não postei minha habitual lista de melhores filmes de ação do ano passado…que não foi lá grandes coisas, mas preciso postar, ainda há tempo). Muito superior àquela porcaria que o Ben Affleck estrelou lá por 2001 ou 2002, a série é badass pra cacete, visceral, humana e é recheada de sequências de ação da mais alta qualidade. Essa semana saiu o trailer da segunda temporada, que tem como trunfo a presença do Justiceiro (Punisher), que sempre foi um dos personagens que mais me interessou quando colecionava quadrinhos na minha adolescência nos anos 90. E o trailer tá de arregaçar:

Vivido por Jon Bernthal, o Shane de THE WALKING DEAD, a participação do Justiceiro/Frank Castle na série tem tudo para ser um dos grandes momentos deste ano, e Bernthal é uma boa escolha. O personagem já tinha chegado às telas duas vezes na década passada. Primeiro com THE PUNISHER (2004), com Thomas Jane no papel principal, e em PUNISHER: WAR ZONE (2008), com o personagem sendo encarnado por Ray Stevenson. O primeiro é passável, dá pra assistir, pelo que me lembre… Mas o segundo é péssimo em todos os sentidos. Tenho certeza absoluta que esse novo Justiceiro de DAREDEVIL vai arrasar com esses dois.

MAAAASSSS… Não vamos esquecer que o melhor Justiceiro de todos é e sempre será o Dolph Lundgren e uma das melhores adaptações de quadrinhos de todos os tempos ainda é (e sempre será também) THE PUNISHER, de 1989, dirigido pelo Mark Goldblatt:

tumblr_o1mulo4zVW1qerukio1_1280tumblr_o1mulo4zVW1qerukio2_1280tumblr_o1mulo4zVW1qerukio3_1280tumblr_o1mulo4zVW1qerukio4_1280tumblr_o1mulo4zVW1qerukio5_r1_1280

A segunda temporada de DAREDEVIL vai estrear em março, mas até lá eu revejo essa belezinha, que é insuperável!

Anúncios
Esse post foi publicado em News, Trailer/Poster, TV Show e marcado , . Guardar link permanente.

18 respostas para THE REAL PUNISHER

  1. Leo Pen disse:

    Punisher: War Zone teve interferência dos produtores para “amenizar”, um vilão horroroso e o mesmo defeito de Elektra em usar o personagem meio sentimentalista demais, mas achei de longe Ray Stevenson, visualmente falando, o melhor Justiceiro.
    Do mesmo modo achei o Jon Bernthal o melhor ator em Walking Dead, mas ele não tem cara de Justiceiro em nenhuma fase que li.

    • ronaldperrone disse:

      É verdade, a cara não tem… Mas ainda assim, acho que pode fazer bem o personagem. Visual nem ligo tanto, o que importa é a essência.

  2. tungstênio franco disse:

    Ronald, primeiramente, bom demais essa avalanche de posts! 2016 chegando com tudo.

    segundo, e o que até me motivou a zapear os coments, foi a minha surpresa em saber que você. não curtiu war zone. Eu sei quase nada do personagem original das hqs, então, nesse ponto, não posso nem me aventurar. Mas o War Zone é – como a tão usada expressão por cá – badass até o talo, que, pra mim, era quase uma consequência natural estar dentro do seu radar. Mas essas surpresas que fazem da vida divertida!

    E, aproveitando o assunto que tá rolando aí, vou aproveitar e, de intruso, opinar. O de 1989 tenho excelentes lembranças, mas vi criança na tv, e preciso rever – e é uma absurdo eu até hoje ter procrastinado isso, tendo o dvd. O do Thomas Jane, por mais que eu não tenha gostando na época, se tornou mais legal com o tempo, mesmo que seja pelos motivos errados: é tão displicente, mas divertido, que fica bem bacana de ver, com exceção da parte final, burocrática e sem charme (mas compensada pela cena do gigante loiro indestrutível; além, claro, do grande canastrão T. Jane, do qual sou fã). Mas nada se compara, para mim, à War Zone, um filme absurdamente despretensioso, simples, super referente à estética quadrinista (desde as cores, até os enquadramentos), com ar de filme B, mas elegante… e sem receio de chutar o balde (desde a cena inicial do massacre). Mas sei que sou uma voz dissidente hahahaha Todos temos nosso showgirls (do qual também faço coro com v.sa).

    abraço

    • ronaldperrone disse:

      Disse tudo, meu velho… Todos temos nosso SHOWGIRLS… haha! Qualquer hora dessas faço revisões desses Justiceiros da última década. Quem sabe no clima certo eu consiga gostar até de WAR ZONE… hehe

  3. Agora eu curto muito Justiceiro, no fundo ele não é apenas um vingador pela sua família assassinada, mas um psicótico que se aproveita da situação para fazer uma limpeza geral na badidagem. Adoro aquelas HQ’s que mostram que no fundo ele nunca foi um bom marido ou um pai presente, mas um paranóico que nunca conseguiu se desligar dos tempos quando era militar e combatente.

    • ronaldperrone disse:

      Exatamente! Achava o personagem realmente foda quando lia quadrinhos da Marvel nos anos 90, especialmente por ser bem mais complexo do que aparenta.

      • A linha Justiceiro Max é um barato….se não leu procure Justiceiro Max: Rei do Crime e Justiceiro Max: Mercenário, são duas pérolas

        • ronaldperrone disse:

          Porra, valeu! Vou atrás sim.
          E é bacana ter mencionado esse lado mais obscuro e complexo do Frank Castle, porque o filme de 89 é o que mais se aproxima de um personagem assim, muito mais surtado e psicótico do que um cara apenas com desejo de vingança.

          • Muitos criticam o filme de 89 injustamente, eu acho o melhor dos 3 e o que mais lembra os melhores HQ’s do personagem, mesmo os posteriores, hahahahaha….visionário.

            • ronaldperrone disse:

              Haha! Exatamente! Uma pena que o Dolph tenha se recusado a fazer a continuação que planejavam na época… Acabou nunca saindo.
              E torcer pra que esse Justiceiro da série tenha uma boa caracterização… Os realizadores mandaram bem na primeira temporada, tem tudo pra ser legal.

  4. Bom eu prefiro muito mais War Zone que o de 2004.

    • ronaldperrone disse:

      Pelas minhas lembranças, eu consegui ver o de 2004 de boa, enquanto WAR ZONE foi insuportável… Nem lembro também se consegui terminar de ver. Agora, precisaria de uma nova conferida nesse do Thomas Jane pra saber como sairia hoje… E acho que não seria nada muito legal…haha

      • War Zone é mais caricatural, e no fundo é um filme do Retalho.

        Eu acho do Thomas Jane um filme limpinho demais, com várias escolhas erradas no roteiro, como ele não ser solitário e ter um carisma de um cara que no fundo sofreu injustiças na vida e vai revidar.

        • ronaldperrone disse:

          Pois é, mas nunca consegui entrar no WAR ZONE como deveria…

          E tem razão… Lembro que uma das minhas reclamações com a versão de 2004 é justamente ser muito limpinho e o personagem carismático mesmo. Mas consegui ver na época de boa por algum motivo…

          • Se não entrar no clima do Retalho o filme não funciona, tanto que foi o maior fracasso da Marvel para um personagem famoso.

            O filme me magnetiza tanto que sempre que rodeio os canais por assinatura e está passando ele, bom acabo não trocando de canal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s