ESPECIAL DON SIEGEL #01: ABERTA A TEMPORADA + JUSTIÇA TARDIA (The Verdict, 1946)

tumblr_nh6lfk99pg1rx2n09o1_1280

Os filmes de Donald Siegel nunca são o que aparentam ser. Caminham juntos, sem perder de vista, tanto o lado divertido da coisa quanto a reflexão que reverbera dos temas e personagens de sua obra. O estigma de “diretor de ação” se transforma em “intelectual da ação” e alguns de seus feitos fazem juz a alcunha. E é exatamente isso que vamos conferir a partir de hoje aqui no DEMENTIA¹³, num especial que vai peregrinar a filmografia do homem, descobrindo e redescobrindo filme a filme a trajetória desse senhor que, em quase meio século de serviços prestados à arte cinematográfica, pode ser perfeitamente considerado um dos mais marcantes e audazes realizadores do cinema americano.

E como o Don Siegel seria, vamos ser objetivos e dar início a essa bagaça com JUSTIÇA TARDIA (The Verdict, 1946)!

52977101

O primeiro longa metragem que dirigiu, segundo o próprio Don Siegel, aconteceu devido a uma infindável persistência pra cima dos executivos da Warner, após anos trabalhando como montador (especialmente para Raoul Walsh), assistente de direção (especialmente para Howard Hawks) além de fazer curtas e documentários. Walsh e Hawks, aí estão dois sujeitos que qualquer aprendiz gostaria de ter como mestres. Não foi a toa, portanto, que Siegel se saiu muito bem quando a oportunidade apareceu, com JUSTIÇA TARDIA, mesmo em meio a vários problemas durante a produção.

As filmagens teriam acontecido quando rolava uma baita greve e Siegel era o único diretor  do estúdio trabalhando. “l used to have to fight my way to get into the studio. l never knew what set l was using. l never knew who my cameraman was going to be, what actors were going to show up”. Palavras de Siegel para Peter Bogdanovich na sua série de entrevistas com grandes diretores. Mas esse tipo de situação mal se percebe ao assistir JUSTIÇA TARDIA. Tudo parece estar sob o controle de Siegel, que tecnicamente (e artisticamente) nem parece um iniciante dando seus primeiros passos como diretor.

67072527

bscap0004

Até mesmo uma de suas principais características já pode ser observada neste filme de estreia, a ideia de trabalhar com uma trama extremamente simples e fazê-la funcionar em função de um visual apurado e de precisos movimentos de câmera e enquadramentos. JUSTIÇA TARDIA é mais uma dentre as tantas adaptações da novela The Big Bow Mistery, de Israel Zangwill. Um respeitado superintendente da Scotland Yard, George Edward Grodman (Sidney Greenstreet), comete um erro durante uma investigação e acaba levando um inocente à forca. Afastado do cargo, George acaba substituído por um desafeto seu, John Buckley (George Coulouis). Quando um novo caso de assassinato acontece, George arquiteta um plano para demonstrar a inaptidão de Buckley e arruinar sua carreira.

67072558

Peter Lorre também marca presença como um pintor, amigo de George. É difícil imaginar a figura de Sidney Greenstreet sem o acompanhamento de Lorre. Os dois contracenaram em nove filmes, como O FALCÃO MALTÊS (41), de John Huston, por exemplo, são duas figuras tão opostas em vários aspectos que acabam possuindo uma estranhíssima química em cena e a interação entre os dois é algo fascinante. Seus desempenhos não poderiam deixar de ser um dos grandes destaques do filme.

E, vejam bem, não sou nenhum especialista em filmes de mistério e policial do período, vi praticamente o básico do cinema noir dos anos 40, mas JUSTIÇA TARDIA não fica muito atrás do que era feito no gênero. Tem excelentes caracterizações, personagens com sangue correndo nas veias, atuações de alto nível, humor seco com diálogos afiados, um final que, embora não seja lá inesperado, funciona muito bem. Obviamente não vamos comparar o filme de Siegel a obras-primas como PACTO DE SANGUE (44), À BEIRA DO ABISMO (46) ou FUGA DO PASSADO (47), mas acaba por ser um belo debut desse grande diretor.

Anúncios
Esse post foi publicado em Film Noir, Review e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para ESPECIAL DON SIEGEL #01: ABERTA A TEMPORADA + JUSTIÇA TARDIA (The Verdict, 1946)

  1. dmcvargas disse:

    Verei esse assim que acabar minhas responsabilidades no especial, hehe.

    • ronaldperrone disse:

      Para quem gosta do Siegel e quer ver algo bom, mas menos badalado da filmografia dele, vale a pena conhecer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s