Notas sobre filmes recentes

– TRUE LEGEND (Su Qi-Er, 2010), de Yuen Woo-Ping
O filme é uma mistura das mais surtadas que homenageia o cinema de artes marciais em todo seu esplendor, especialmente o wuxia, que contempla o lado fantástico do gênero. TRUE LEGEND mais parece uma brincadeira com os vários ingredientes que fizeram – e ainda fazem – a cabeça dos fãs. A narrativa lembra um video game, é porrada do começo ao fim, repleto de referências que vão desde DRUNKEN MASTER a FIVE DEADLY VENONS e muitos outros. Ah, vale lembrar que o diretor Woo-Ping é um dos grandes nomes do cinema de artes marciais de todos os tempos, tendo no curriculo vários clássicos do gênero. TRUE LEGEND marca seu retorno. Desde 1996 ele não dirigia nada para cinema. E continua um mestre em conduzir magníficas sequências de ação (a luta que se desdobra dentro de um fosso é sensacional). Nem os efeitos especiais de CGI exagerados e a abrupta mudança de foco do enredo conseguem atrapalhar a diversão.

– MOTHER (Madeo, 2009), de Bong Joon-Ho
Bong é desses diretores que é sempre bom ficar de olho (Será que vai mesmo pintar um HOSPEDEIRO 2?). Não sei porque demorei tanto, apesar dos elogios de vários amigos, mas finalmente conferi este seu filme mais recente, sobre uma mãe que faz de tudo para provar a inocência do filho retardado, acusado de assassinato. O filme possui alguns ecos que remetem a outro trabalho do diretor, o espetacular MEMÓRIAS DE UM ASSASSINO. MOTHER segue a mesma linha só que desta vez é com essa senhora como protagonista, metendo o nariz em várias situações enquanto investiga o caso, o que não impede de haver momentos de tensão. A direção de Bong é de uma maestria impressionante, administrando sequências de suspense atmosférico com uma carga dramática pra lá de forte, e uma pitada do humor negro habitual em seus filmes. Mas o que mais me surpreende é a atuação devastadora da atriz Kim Lye-ja, que faz o papel da mãe. Ainda prefiro MEMÓRIAS, mas MOTHER não fica muito atrás.

– UM HOMEM SÉRIO (A Serious Man, 2009), de Ethan e Joel Coen
Outro que demorei bastante para assistir, mas só agora foi estrear aqui em Vitória. Tenho sempre boas espectativas com filmes dos irmãos Coen, por isso esperei para ver UM HOMEM SÉRIO no cinema. Dividiu muito as opiniões entre a crítica e os amigos blogueiros, mas valeu a pena a espera. Não chega nem perto de ser uma obra prima, mas é legal acompanhar o protagonista, um bunda mole judeu que vê sua vida afundar em desgraças sem tomar qualquer tipo de atitude racional. O produto final pode soar um tanto vago, uma obra cheia de pretensões que falha em alguns pontos, mas está muito longe de ser a chatice que muitos acharam. Existe um lado espiritual muito forte que me agrada e talvez faça mais sentido se levar isso em consideração. A bela fotografia, as boas atuações e a mão firme dos irmãos na condução também ajudaram bastante.

Anúncios
Esse post foi publicado em Policial e marcado , , , . Guardar link permanente.

9 respostas para Notas sobre filmes recentes

  1. Ronald você chegou a ver o curta do Mortal Kombat REbirth que tá rolando na web?

    Passei pra deixar a dica já que pelo que vi você é fã do Jai White e tem ele no elenco.

  2. Caio disse:

    Sou da turma que achou Um Homem Sério o pior dos Coen.

  3. Uma década e meia sem dirigir um longa deixou o Woo-Ping perdido. Até as lutas de “Matrix” são melhores do que em “True Legend”.

  4. Não vi ainda o 14 Blades, mas o True Legend eu achei divertido, nem se compara com o que já foi feito em outros tempos, tem suas falhas, mas não me incomodou… os efeitos em CGI são bem exagerados mesmo, isso é uma pena…

  5. Ronald, eu achei o “True Legend” uma bosta. E o “14 Blades” com o Donnie Yen não é muito melhor. É triste ver a turma boa de Hong Kong abrindo as pernas pro CGI.

  6. Octavius disse:

    Tenho que ver os filmes do Bong Joon-Ho, tenho tudo lá e não assisto.

    Já o A Serious Man não gostei, consegui embarcar em certos momentos, mas no final achei um filme fraco.

  7. herax disse:

    legal saber do filme do Woo Ping, baixei e terminei me esquecendo dele, preciso ver!

    Mother pra mim é superior ao Memórias, embora este ultimo tambem seja um filmaço

  8. Felipe Mappa disse:

    tô com mother aqui pra ver; e um homem sério é msm um filme bacana. acho que nunca me decepcionei de verdade com um filme dos coen… quero dizer, eu não gosto muito de matadores de velhinhas, mas não chega a ser uma decepção.

  9. Vlademir disse:

    Mother é, fácil, um dos melhores filmes desse ano. Já Um Homem Sério devo ver em breve, mas só quando aparecer em DVD.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s