Reaproveitamento…

Dois textinhos antigos, que foram utilizados numa outra oportunidade, achei jogado num canto do meu computador, resolvi reaproveitá-los…

IMAGENS DE UM CONVENTO (Immagini di un Convento, 1979), de Joe D’Amato

Joe D’Amato é um cara legal. Quem já viu ou ouviu falar de seus filmes, sabe muito bem a razão (lógico, funciona se você for fã de cinema extremo, se não, nem se arrisque). Seus filmes normalmente são recheados do que há de mais pervertido, sádico e violento que o cinema teve a ousadia de mostrar.

IMAGENS DE UM CONVENTO não fica atrás, além de ter todos os elementos perturbadores que fazem parte do catálogo de D’Amato, ainda possui um roteiro interessante e uma fotografia trabalhada, obviamente dentro dos padrões financeiros da produção, já que seria difícil arranjar alguma grande companhia para financiar um filme que profana os conceitos da igreja católica, mostrando freiras sedentas de sexo, muita sacanagem e uma cena de estupro com sexo explícito.

Como de costume em um nunsploitation, a trama se passa num convento. A paz e a serenidade são quebradas com a chegada de um rapaz, que é uma espécie de encarnação do mal, e basta sua presença para que comece a safadeza e as freiras coloquem as “aranhas pra brigar”, até chegar num ponto alucinante de erotismo explícito com várias cenas interessantes como a do padre que caminha pelo corredor enquanto todas as freiras tentam seduzi-lo, mostrando as “periquitas” e se masturbando. Uma estátua do demo torna-se um dos personagens principais sempre simbolizando a presença do tinhoso e influenciando as perversões das freiras.

Tudo isso e mais um pouco, tornam IMANGENS DE UM CONVENTO um dos nunsploitation’s dos mais subversivos e um dos melhores trabalhos do diretor italiano que nunca se preocupou em criar o choque visual, nem que seja pela violência extrema como em BUIO OMEGA, ANTROPOPHAGUS, ou pelo erotismo e sexo explícito como PORNÔ HOLOCAUSTO, EMANUELLE NA AMÉRICA, e muitos outros.

MACUMBA SEXUAL (1983), de Jess Franco

Após vários anos no exílio, Jess Franco retornou a Espanha no inicio dos anos 80 e encontrou liberdade total para realizar MACUMBA SEXUAL. O filme é estrelado pela esposa e musa do diretor, a exuberante Lina Romay, interpretando a namorada do bigodudo Antonio Mayans numa viagem de férias pelas Ilhas Canárias. Franco explora muito bem as belezas naturais do local, suas praias, paisagens bucólicas e o deserto. E é em toda essa ambientação que Romay começa a ter sonhos alucinantes e delírios lisérgicos quando é possuída por uma Rainha Negra, encarnada pela transexual Ajita Wilson.

A experiência de assistir MACUMBA SEXUAL é das mais interessantes pra quem já curte o trabalho do diretor. A trama não importa tanto, mas a elaboração visual das imagens oníricas e o surrealismo dos delírios e sonhos da protagonista são deslumbrantes, além do acompanhamento musical totalmente insólito. E como de praxe, todas as situações que Lina Romay se encontra tornam-se motivos pra tirar a roupa. Franco adora homenagear sua atriz/esposa explorando cada detalhe de seu corpo, as vezes a sensação é a de que ele quer entrar dentro dela com a câmera. Mas o grande destaque entre os protagonistas fica a cargo de Ajita Wilson, a transex negra de beleza exótica, com uma atuação bastante expressionista.
Anúncios
Esse post foi publicado em Eurohorror e marcado , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Reaproveitamento…

  1. Anônimo disse:

    In biology, sex is [URL=http://sex.pourle.net/golden+shower+phone+sex.html]golden shower phone sex[/url]
    a process of combining and mixing [URL=http://sex.pourle.net/sex+parties.html]sex parties[/url]
    genetic traits, often resulting [URL=http://sex.pourle.net/sex+with+animals+free+videos.html]sex with animals free videos[/url]
    in the specialization of organisms into [URL=http://sex.pourle.net/live+free+sex+cams.html]live free sex cams[/url]
    a male or female variety (known as a sex). Sexual reproduction involves combining specialized cells (gametes) to form offspring [URL=http://sex.pourle.net/animal+sex+porn+free.html]animal sex porn free[/url]
    that [URL=http://sex.pourle.net/interracial+sex+stories.html]interracial sex stories[/url]
    inherit traits from both parents. Gametes can be identical in form and function (known as isogametes), but in many cases an asymmetry has evolved [URL=http://sex.pourle.net/true+blood+sex+scenes.html]true blood sex scenes[/url]
    such that two sex-specific types of gametes (heterogametes) exist: male [URL=http://sex.pourle.net/indian+homemade+sex.html]indian homemade sex[/url]
    gametes are small, [URL=http://sex.pourle.net/real+brother+sister+sex.html]real brother sister sex[/url]
    motile, and optimized to transport their genetic information over a distance, while female gametes are large, non-motile and contain [URL=http://sex.pourle.net/free+live+sex+cam+chat.html]free live sex cam chat[/url]
    the nutrients necessary for the early development of the young organism.
    An organism's sex is [URL=http://sex.pourle.net/milf+facial+sex+pictures.html]milf facial sex pictures[/url]
    defined by the gametes it produces: males produce male [URL=http://sex.pourle.net/adult+sex+online+games.html]adult sex online games[/url]
    gametes (spermatozoa, or sperm) while females produce female gametes (ova, or egg cells); individual organisms which produce both male and female [URL=http://sex.pourle.net/asian+rough+sex.html]asian rough sex[/url]
    gametes are termed hermaphroditic. Frequently, physical differences are associated with the different sexes of an organism; these sexual dimorphisms can reflect the different reproductive pressures the sexes experience.
    [URL=http://sex.pourle.net/sex+with+a+virgin.html]sex with a virgin[/url]

  2. Anônimo disse:

    Everybody[url=http://sex.jelev.eu/quais+sao+as+famosas+que+fizeram+filme+porno.html]quais sao as famosas que fizeram filme porno[/url] heard rumours [url=http://sex.jelev.eu/free+porno+teen.html]free porno teen[/url] about women[url=http://sex.jelev.eu/hardcore+free+teen+porno.html]hardcore free teen porno[/url] faking orgasms. Is that true? The majority of women have [url=http://sex.jelev.eu/young+sex+porno.html]young sex porno[/url] faked at least one orgasm, yet some fake almost all of them. Why do they do that? There[url=http://sex.jelev.eu/porno+movie.html]porno movie[/url] are many reasons and the case is that there's [url=http://sex.jelev.eu/beautiful+woman+porno+pictures.html]beautiful woman porno pictures[/url] no one to blame.
    The most [url=http://sex.jelev.eu/free+gay+male+porno.html]free gay male porno[/url] common are two [url=http://sex.jelev.eu/porno+young+teen.html]porno young teen[/url] reasons: they[url=http://sex.jelev.eu/teen+xxx+porno.html]teen xxx porno[/url] don't want to make their partners feel bad [url=http://sex.jelev.eu/deja+dude+porno+tubes.html]deja dude porno tubes[/url] or they are tired and just want to end sex. Most females say that their partners ar[url=http://sex.jelev.eu/nenas+negritas+putitas+video+porno.html]nenas negritas putitas video porno[/url] e not satisfied until the[url=http://sex.jelev.eu/porno.html]porno[/url] girls feels orgasm, there's only one way to make them feel happy and stop the[url=http://sex.jelev.eu/free+asian+porno.html]free asian porno[/url] exhausting procedure – fake.
    Another [url=http://sex.jelev.eu/asian+lesbian+girls+with+dick+porno+movie+to+buy.html]asian lesbian girls with dick porno movie to buy[/url] reason is that a[url=http://sex.jelev.eu/direct+tv+porno+review.html]direct tv porno review[/url] typical female [url=http://sex.jelev.eu/porno+video+gratis.html]porno video gratis[/url] doesn't seek for orgasm; she desires a sexual [url=http://sex.jelev.eu/porno+bloopers.html]porno bloopers[/url] relationship only because she wants intimacy. Still, such an attitude may make her partner feel bad. [url=http://sex.jelev.eu/free+teen+porno+gallaries.html]free teen porno gallaries[/url] The only way out is to [url=http://sex.jelev.eu/free+baby+mama+porno+pictures.html]free baby mama porno pictures[/url] fake it out.
    [url=http://sex.jelev.eu/filme+porno+you+tube.html]filme porno you tube[/url] Some women never really experience orgasm while making sex, but they want their partner to feel good about himself and her. Men usually expect women to have pleasure, that's why females have no other choice. They have to fake to have a good relationship.
    Loss of interest, having sex only because the partner wants to, also makes women to fake. Most females talk to their friends about such things and while they know other women act it, they do so too, because it's an easier way to have a good relationship.

  3. BLOB disse:

    O Immagini di un Convento eu comentei no meu blog faz um tempão… O Macumba Sexual é maravilhoso! Tão ou mais divertido que Vampyros lesbos!!!

  4. dirty.kevin disse:

    Esse Macumba Sexual tem cara de ser lindo, tenho ele aqui pra ver. Já falaramq eu vou adorar.

  5. Alexandre disse:

    O “filminho” das freiras eu vi, e é bem interessante rsrs.

    Macumba Sexual só pelo título parece ser divertido

  6. herax disse:

    o Macumba eu não vi ainda, mas o Imagens eu gosto bastante, e a cena que voce citou, das freiras querendo seduzir o padre, é uma das melhores do filme

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s